18 de julho de 2008

Já tou!

Ora bem! Já estou noutro fuso horário. Foram só 15 horinhas dentro de aviões e mais umas poucas passadas em três aeroportos de três belas cidades: Porto, Nova Iorque e São Francisco. Bem, de Nova Iorque não posso dizer que seja bela... mas há-de ser!

A viagem fez-se bem mas podia ter sido melhor, não fosse o facto do meu MP3 me ter deixado mal durante o processo: todo aquele trabalho de gravação de CDs caiu, por assim dizer, por terra... o desgraçado resolveu descarregar-se-me e emudecer durante o voo Porto-Nova Iorque. Oh! Vida ingrata! E a ajudar à situação, os meus companheiros de voo não eram muito dados à confraternização.
Já andei a passear pela cidade e até agora pareceu-me muito bem. As fotografias virão num próximo post. Mas fica desde já o convite para quem quiser vir até cá tomar um chazinho:

13 de julho de 2008

Já vou!

Viagem marcada para o dia 15 de Julho. E eu vou.

Vejam só como o meu barco se abeira sem medo ou desconfiança da costa do Novo Mundo?! E que bem que se faz ao Mar do Caribe e suas ilhas?! Nem era mal pensado atracar numa dessas ilhas, não senhora...
Impressionante o estilo com que aquela proa corta as ondas! Nem de remos preciso!

Evitem a piada: "Ah Ah Ah! Pensava que ias de avião! Quê?! Tens medo é? É medo que tens, é? é?! bcshschschsch"...
Nada disso! Eu nem do Triângulo das Bermudas tenho medo, fiquem já a saber! Suspender um aviãozinho de papel no ar (sem fios!) e tirar uma fotografia é que é proeza que eu não consigo fazer, lamento.

11 de julho de 2008

ASAP

Assim que iniciei as comunicações com gente americana, tomei contacto com uma nova sigla: ASAP. Da primeira vez que li tal coisa fiquei intrigada, e fui muito depressinha ao google ver o que quereriam dizer com aquilo. E eis que encontrei o significado: as soon as possible. Todos me pediam ASAP p'ra isto e p'rá'quilo, p'rá'qui e p'rá'colá!!! Tinha que dar a volta à situação! Até que encontrei uma outra definição que se ajusta, se bem que longe da perfeição pelo menos melhor, ao meu estilo: always say a prayer. Agora a minha estratégia é juntar as mãos em concha e ficar à espera que um milagre resolva a situação.
Aaaaah... não sei de nada! Eu sou assim e ninguém me esclareceu sobre o ASAP a que se referiam!
Quando chegar aos EUA ensino-lhes um novo acrónimo: TYT - take your time. Porque isto de ter as mãos em concha ainda me causa artroses... e sempre será mais fácil converter os não-crentes ao estilo de vida Português.

E já agora: eu sei muito bem que alguns de vocês foram analisar os CDs da imagem do post anterior e que até elegeram uma lista de 5... mas ninguém se dignou a abrir mão do seu suposto "ando num lufa-lufa que não tenho tempo para essas parvoíces!" Vá lá! eu tenho provas que isso não é verdade! Toca a comentar o post anterior! ASAP!... sim sim, o primeiro ASAP!

7 de julho de 2008

Alguém que tenha mão em mim!

Estou no Porto. À espera de uma partida que tarda em chegar.
Tanto tarda, que depois dá-me para actualizar o blog... assim:
Apresento a ordem cronológica dos acontecimentos dos últimos meses e dias, e mostro como a situação se tem degradado nos últimos tempos:

28 de Março: inicío os primeiros testes de selecção para o INOV Contacto 12;
6 de Maio: sou "apurada por reunir as condições exigidas";
19-23 de Maio: Curso de Práticas Internacionais (!) em Lisboa. Olha! Olha! Vou para a Genentech em São Francisco!;
30 de Maio: 1ª entrevista com a Genentech;
2 de Junho: início do meu "background check" pela Genentech;
6 de Junho: 2ª entrevista com a Genentech;
24-26 de Junho: 3 dias em Lisboa para persuadir a embaixada a dar-me o visto para os EUA - objectivo cumprido;
28-30 de Junho: copio todos os meus CDs para o computador;
2 de Julho: compro um "pino adaptador convertedor bipolar de entrada americana e saída europeia 10A 250V";
4 de Julho: vou a uma loja de chineses e adquiro um conjunto espectacular de toda uma gama de linhas e agulhas, com dedal e tesoura incluídos - shame on me! ;
7 de Julho: tiro fotografias ao resultado das acções dos 3 últimos dias descritos e escrevo este post.



Nem quero pensar no que irá acontecer no dia 9 de Julho, quando fizer 24 anos...
Compreensão, é o que vos peço.
(Se alguém me der o nome de pelo menos 5 dos meus CDs, pode contar com a minha própria compreensão, que bem precisa... E colega!, thanks for joining me! ;) )